HOME  
 
   
Puberdade

     A puberdade compreende o período biológico que se estende desde o aparecimento dos caracteres sexuais secundários até o completo desenvolvimento orgânico, com a parada do crescimento.

     O início deste processo varia amplamente de indivíduo para indivíduo, porém no sexo feminino o processo inicia-se mais comumente entre 9 e 13 anos, enquanto no masculino o intervalo entre 10 e 14 anos é o momento mais habitual de seu surgimento.

     O início da produção dos hormônios sexuais é o grande fator desencadeante para as mudanças verificadas em todos os setores do organismo. A ocorrência mais característica do início deste período é o surgimento dos brotos mamários, seguido dos primeiros pêlos pubianos nas meninas. Nos meninos o aumento testicular é seguido do aparecimento dos pêlos pubianos.

     À medida que os hormônios sexuais vão atingindo os níveis do adulto, a maturação de todo sistema reprodutor também vai se estabelecendo. Tudo ocorre em uma seqüência típica, que na verdade marca o início da adolescência, com tal tipicidade que justifica o termo “aborrescente” dado por pais e convives ao menino ou menina nesta fase da vida. Na verdade, esta ebulição de hormônios desperta vorazmente os instintos sexuais, os conceitos novos nos tenros cérebros dessas “crianças” não assimilam bem o novo ser que se tornaram com beijos e abraços dos apaixonados pais. É uma “barra”.

Puberdade precoce.

     A Puberdade precoce é o surgimento de aspectos típicos da Puberdade antes da idade comum ao aparecimento destes caracteres para meninos e meninas, ou seja, a ocorrência broto mamário, pêlos pubianos e até mesmo sangramento vaginal em meninas antes dos oito anos. Pelo lado masculino, os aumentos testicular e peniano, pêlos pubianos, engrossamento da voz antes dos nove anos orientam também para o diagnóstico de puberdade precoce.

     Qualquer dúvida com relação à precocidade sexual para meninos ou meninas deve fazer com que os pais procurem o esclarecimento do especialista, pois algumas das causas para desencadear a puberdade precoce são doenças graves que devem ser tratadas o mais cedo possível.

     Porém, é importante anotar que são muitas as oportunidades em que o aparecimento de tais alterações é apenas uma variante do normal, ou até mesmo, exposição inadvertida da criança à substâncias que contenham algum tipo de hormônio sexual.

Puberdade tardia (retardada)

     Alguns indivíduos não iniciam seu desenvolvimento sexual na idade habitual, são meninas aos 13 e meninos aos 14 anos que não apresentam nenhum sinal de puberdade. Tal retardo pode ser normal e ter relação com características genéticas, porém pode fazer parte de doenças graves, que devem ser descartadas. O retardo no desenvolvimento puberal dos filhos deve sempre fazer com que os pais procurem o especialista.

 
Saiba Mais

O que é Endocrino-Age?
O Crescimento
O Sexo e as Idades
Puberdade
Andropausa
Menopausa
Adrenopausa
Somatopausa
Melatopausa
Radicais livres
Envelhecer bem
Fatores para o "viver melhor"


Matérias

 Revista Veja
 22/01/2014
 Sade: Um brinde ao verde e    verdade

 Revista Veja
 18/09/2013
 Medicina: Quem diria...

 Revista Veja
 03/07/2012
 A conquista da mente

 

 Revista Veja
 27/06/2012
 A redenção da gordura

 

 Revista Veja
 07/09/2011
 Parece Milagre

 

Copyright 2008 - Todos os direitos reservados