HOME  
 
   
O que é Endocrino-Age?

Conheça o conceito Endócrino-Age

     Nossas tendências comportamentais durante nossa existência podem ser divididas ou observadas sob vários prismas, o que nos dá indícios da intensidade de aproveitamento da vida. O início, sustentação e decréscimo dos principais hormônios de nosso organismo mantêm uma relação tão fiel com nosso comportamento e dinamismo, que não é presunçoso admitir que o melhor observatório médico para acompanhar a evolução de nossas atitudes através das várias faixas etárias seja a Endocrinologia.

     Ações geram reações e sob esta observação podemos dizer que seremos sempre resultado de nosso comportamento, mas se este é gerido por estâncias superiores, a boa monitoração de tais sítios gerenciais pode mesmo nos fazer viver melhor e quem sabe possa até fazer com que vivamos mais.

     Na infância dependemos de hormônios para o “crescimento” e ‘iniciação’ intelectual, entre outros dependemos do Hormônio do Crescimento e Hormônio Tireoidiano, sem os quais, dependendo da idade e da magnitude de suas faltas podem resultar em Nanismo e/ou déficit intelectual. Se os hormônios da tireóide não têm data marcada para diminuírem ou desaparecerem do organismo, o Hormônio do Crescimento após estabelecer um período de estabilização na vida adulta, vê iniciado um decréscimo em sua produção que varia de indivíduo para indivíduo, processo esse nominado como “Somatopausa”.

     A explosão na produção de testosterona e estrógenos nas “adolescências” masculina e feminina, respectivamente, nos faz entender que perdemos em parte nossos filhos, os perdemos pro sexo ou mais exatamente os perdemos para tudo que os hormônios sexuais modificaram em seus cérebros. E neste caso resta-nos torcer para que a vida não lhes seja muito dura, enquanto perdemos as noites à espreita de suas chegadas, já em um momento que aqueles que nos esperaram, quase sempre não estão mais, pra quem sabe nos ajudar ou ao menos para pedirmos desculpas. Dentro de nós agora além da agonia da espera, temos menos ou quase nada dos hormônios que escandalizam nossos filhos, estamos na Menopausa ou Andropausa (esta não ocorre de maneira protocolada e inevitável como a Menopausa) e muito pode restar destas situações, até mesmo que não estejamos mais com quem escolhemos para esperar nossos filhos à noite.

     As adrenais produzem vários hormônios, mas o DHEA ganhou notoriedade quando se verificou que a flutuação de seus níveis era traduzida por variações na disposição e vivacidade comportamentais. Alguns grupos no mundo estudam as flutuações do DHEA, sugerindo que seu monitoramento seja uma chave pro Bem Viver. A queda em seus níveis caracterizaria a Adrenopausa.

     Um outro hormônio que vem ganhando notoriedade nos últimos anos é a melatonina, produzido pela glândula pineal, até bem pouco tempo era relacionado apenas com o ciclo claro-escuro, porém muito se admite de ação para a melatonina, incluindo como grande atividade do hormônio, a depuração de radicais livres de nosso organismo. O processo de diminuição dos níveis deste hormônio é denominado Melanopausa.

     Endócrino-Age é a observância de todos estes itens à luz da realidade médica que vivemos associado às resultantes do processo de envelhecimento.

 
Saiba Mais

O que é Endocrino-Age?
O Crescimento
O Sexo e as Idades
Puberdade
Andropausa
Menopausa
Adrenopausa
Somatopausa
Melatopausa
Radicais livres
Envelhecer bem
Fatores para o "viver melhor"


Matérias

 Revista Veja
 22/01/2014
 Sade: Um brinde ao verde e    verdade

 Revista Veja
 18/09/2013
 Medicina: Quem diria...

 Revista Veja
 03/07/2012
 A conquista da mente

 

 Revista Veja
 27/06/2012
 A redenção da gordura

 

 Revista Veja
 07/09/2011
 Parece Milagre

 

Copyright 2008 - Todos os direitos reservados